Núcleo Acadêmico Simers

Área do sócio

Núcleo Acadêmico Simers

 

Simers acompanha lançamento nacional de projeto voltado às residências em saúde Voltar

15 17:12:00/07/2021

Imagem Capa Post Núcleo Acadêmico Simers

O Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers), por meio do diretor de Projetos Especiais, Vinícius de Souza e da Assessoria Jurídica da entidade acompanhou, nesta quinta-feira, 15, o lançamento do Plano Nacional de Fortalecimento das Residências em Saúde, promovido pelo Ministério da Saúde.

Na cerimônia, transmitida em uma live, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, ressaltou que este programa será muito importante para a capacitação dos profissionais de saúde. "Nós, em 1988, criamos o maior sistema de saúde de acesso universal do mundo. Não se pode ter um sistema de saúde que seja de qualidade se não tivermos profissionais capacitados. Os médicos, os enfermeiros, os fisioterapeutas, enfim, são muito importantes", destacou.

Marcelo Queiroga acrescentou que o compromisso do Ministério da Saúde é ampliar os investimentos e fazer com que as residências sejam cada vez mais qualificadas. "É por isso que, pela primeira vez na história da residência médica, os preceptores estão recebendo um incentivo", salientou.

Para o diretor de Projetos Especiais do Simers, Vinícius de Souza, o lançamento do Plano é uma passo na direção correta, mas que precisamos manter a vigilância. "Durante a pandemia, mais uma vez os médicos residentes comprovaram sua importância e essencialidade dentro do SUS. Fortalecer os programas de Residência Médica não é apenas melhorar a qualidade da assistência e da educação médica, mas principalmente aprimorar a qualidade do sistema de saúde como um todo.", relata. Vinícius complementa que a entidade médica possui um canal ativo de apoio voltado especificamente aos médicos residentes além de possuir o Núcleo Médico Jovem, capitaneado pela Dra Bruna Favero.

Plano Nacional de Fortalecimento das Residências em Saúde

A iniciativa conta com medidas destinadas à valorização e qualificação de residentes, preceptores e gestores e apoio institucional aos programas de residência em saúde no Brasil. As ações estão estruturadas em três eixos: ofertas educacionais (cursos, seminários, apoio à produção científica); valorização ensino-assistencial (capacidade técnica fortalecida, integração entre ensino e serviço para preceptores); apoio institucional (incentivo às instituições na elaboração de projetos de residência em saúde e na condução de processos administrativos).
O Núcleo Médico Jovem manterá acompanhamento das pautas e trará novidades para todos os associados.

Loader

Fechar