Núcleo Acadêmico Simers

Área do sócio

Núcleo Acadêmico Simers

 

Trote Solidário bate recorde de doações de sangue e alimentos Voltar

10 17:28:00/05/2018

Imagem Capa Post Núcleo Acadêmico SIMERS

A cada ano, o Trote Solidário prova que os estudantes de Medicina e a sociedade como um todo estão engajados em fazer o bem. A 15ª edição, realizada entre os dias 9 de março e 14 de abril, bateu recorde de doações de sangue a arrecadações de alimentos. Ao todo, foram 703 bolsas de sangue e nada menos que 32,9 toneladas de alimentos.

Em 2017, no mesmo período, o Trote Solidário obteve 518 bolsas de sangue e 20,6 toneladas de alimentos. Cada bolsa beneficia até quatro pessoas. E cada tonelada de alimento pode ajudar até 2 mil pessoas por dia. "Os números evidenciam o sucesso dessa iniciativa do Simers, mostrando que a 'luta pela vida' é muito mais do que o nosso slogan: é o grande propósito dos médicos e estudantes de Medicina. Esses jovens acabam de entrar na faculdade, mas já podem dizer abertamente que estão ajudando a salvar vidas", diz o presidente do Simers, Paulo de Argollo Mendes.

No total, 17 universidades em 11 municípios participaram desta edição do Trote Solidário de 2018. Duas delas – Feevale e Unisinos – foram estreantes. No acumulado das últimas oito edições, mais o primeiro semestre de 2018, o Trote Solidário mobilizou mais de 4.200 doadores de sangue e arrecadou cerca de 192 toneladas de alimentos.

Destaque

Parabenizamos as universidades que mais se empenharam em cada região do Estado. A dedicação dos estudantes foi fundamental para que o Trote Solidário de 2018 atingisse esse resultado significativo. A iniciativa alimentou mais de 65 mil pessoas e levou bolsas de sangue para mais de 2.800 pessoas. Confira a lista das universidades mais engajadas por região:

  • Região Metropolitana: UFCSPA

  • Pelotas: UFPEL

  •  Passo Fundo: UPF

  •  Santa Maria: UFN

Reconhecimento

Desde 2008, quando foi lançado pelo Simers, por meio de seu Núcleo Acadêmico, o Trote Solidário acontece em parceria com os veteranos das faculdades de Medicina do Rio Grande do Sul. Hoje, é a maior iniciativa de recepção aos calouros das universidades do Estado. Em 2013, o projeto venceu o prêmio TOP Ser Humano RS, promovido pela Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH-RS). Em 2014, foi reconhecido também com o TOP Ser Humano Nacional, da ABRH Brasil.

Loader

Fechar